top of page

O melhor dos últimos anos

Daniel Almeida - Deputado Federal e Vice-líder do Governo na Câmara



O ano de 2023 foi o melhor de todos os últimos que tivemos. Começou sob ameaça à democracia, com o ataque aos três poderes da República patrocinado pelos que perderam a eleição em 2022. Mas terminou com a certeza de que “o Brasil voltou”. Com Lula à frente, o país retomou uma agenda de crescimento com sustentabilidade e justiça social, se recolocou como um player respeitado no mundo globalizado, organizou a economia – domando a inflação, retomando a geração de empregos e ampliando a renda – e instaurou um ambiente de paz e diálogo perdidos na tragédia bolsonarista.


Em 2023 o Brasil superou a desconfiança. Alcançou um crescimento da economia na casa dos 3% (o “mercado” esperava 0,8%), a inflação de 4,5% ficará dentro do centro da meta prevista (para o ano que vem prevê-se ficar abaixo de 4%), a política de valorização do salário mínimo foi retomada (avanço de 8,9% em 2023 e 7% já anunciado para 2024) e o desemprego caiu para o patamar de 2015. O ano terminou com a aprovação da reforma tributária no Congresso, após quase 40 anos de debate, organizando melhor os tributos e iniciando um processo de maior justiça fiscal.


Além disso, o desmatamento na Amazônia caiu 22% e isso é animador em um momento em que o calor incomoda a população como nunca antes. Também há de se comemorar a retomada dos investimentos sociais reparadores em 2023, como o Bolsa Família, que avançou de 19,2 milhões de benefícios em 2022 para 21,3 milhões esse ano. E, mesmo com as restrições orçamentárias, ampliou-se o investimento em saúde, educação e em obras necessárias ao desenvolvimento, com previsão de R$ 1,7 trilhão para o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), sendo 82,3% aplicados até 2026.


É evidente que seis anos e meio de aplicação de uma política voltada para a destruição dos direitos da maioria e maximização de resultados para poucos, além de quatro anos de ataques sucessivos à democracia, não são recuperados em 12 meses. Porém, as boas notícias de 2023 apontam para uma expressiva e importante guinada nos rumos do Brasil. Para melhor, muito melhor.


Daniel_Logo_2023.png
bottom of page